Fechar [X]

Notícias

Home » Notícias

Sessão solene na Câmara Legislativa do Distrito Federal em comemoração ao dia mundial da voz!

 

 
 

Sessão solene em comemoração ao dia mundial da voz!

 

April 21, 2016

 
 

No dia 19 de Abril foi realizada na Câmera Legislativa uma sessão solene em comemoração ao dia mundial da voz. A sessão foi iniciativa do deputado Robério Negreiros e contou com a participação de médicos, fonoaudiólogos e alunos de fonoaudiologia. Os componentes da mesa destacaram a importância das companhas a favor dos cuidados a voz, assim como a prevenção contra problemas vocais.

O primeiro a falar foi o professor e vice coordenador do curso de Fonoaudiologia na Universidade de Brasília, Eduardo Magalhães, ele falou sobra a trajetória das campanhas de voz em Brasília e da sua importância para o mundo, e acrescentou ainda que o objetivo dessas campanhas é conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com a voz que é a identidade da pessoa. Segundo ele os professores são os mais vulneráveis a ter problemas de voz, e que a saúde vocal previne contra disfonias.

A segunda a falar foi a representante da sociedade brasileira de fonoaudiologia e articuladora da campanha do dia mundial da voz, Maria Lucia, ela falou sobre a importância da voz para a comunicação humana, as emoções e intenções que ela transmite. “A voz é a minha identidade”, acrescentou ela. Segundo ela de 5 a 8% da população tem problemas na voz, e que a voz é o instrumento de trabalho da maioria das profissões, ela ainda afirmou que hábitos como falar por muito tempo, não respeitar o cansaço vocal, falar na presença de ruído intenso, falar rápido, gritar, tossir e pigarrear constantemente, fumar, se alimentar mal, dormir pouco, falar com pouca articulação, utilizar técnicas vocais inadequadas e outros, prejudicam a voz. Ela ainda destacou que sintomas como rouquidão, falha ou perda da voz, cansaço ao falar, presença de ar na voz, voz fraca no final do dia, dor, ardência e incomodo na laringe, podem indicar presença de alterações vocais.

A próxima a falar foi a Dr. Luciana Watanabe, otorrinolaringologista da Unidade de Broncoesofagologia do Hospital de Base de Brasilia e representante da associação de otorrinolaringologistas, ela falou sobre a importância da detecção precoce do câncer de laringe, que tem como primeiro sintoma a rouquidão, explicando primeiramente o mecanismo de produção da voz. Ela reforçou os hábitos vocais que são prejudiciais para a voz e os sintomas mais comuns. “O Brasil é o pais que mais tem incidência de câncer de laringe do mundo” acrescentou ela, e ainda disse esse câncer está relacionado com o fumo e álcool. Dados mostram que está previsto para 2016, mais de 7 mil casos novos de câncer de laringe.

A fala seguinte foi do fonoaudiólogo Danilo Mantovani, presidente da Associação Profissional dos Fonoaudiólogos do Distrito Federal e participante do Conselho Regional de Fonoaudiologia 5ª região. Ele falou sobre a importância e o valor da voz, reforçando a trajetória da campanha da voz e destacando a sua importância na conscientização dos cuidados com a voz e na mobilização dos vários setores envolvidos. O Danilo mostrou os resultados da campanha da voz em Brasília e os seus frutos, dentre eles ele destacou o programa de saúde vocal, que visa à prevenção de alterações vocais em profissionais, a caravana da voz, os atendimentos na secretaria de saúde do DF, entre outras conquistas da fonoaudiologia. No seu discurso o fonoaudiólogo destacou a falta de fonoaudiólogos para a grande demanda da secretária, "São apenas 11 profissionais para atender cerca de 30 mil professores em programas de saúde vocal".

O deputado Robério Campos, se dispôs a auxiliar nas demandas apresentadas a ele e disse que recursos oriundos de emendas parlamentares podem ser destinados para essas demandas e que para isso bastaria que houvesse mobilização, seguindo a forma legal, já que a prevenção da voz é tão importante para a comunicação e para a saúde dos professores.

O sessão contou com a ilustre apresentação do coral CMAB, que tem como regente o Felipe Ayala, o coral contou sucessos como Beatles e foi aplaudido de pé por todos presentes.

A última participação foi do regente David Junker, formado em música pela UnB e regente do coro Sinfônico e Madrigal, que fez com que toda a plateia cantasse em coro e trabalhasse com a voz.

(Fonte: http://fonoemfoco.wix.com/fonoemfoco#!programa/ceu8)

Dia Mundial da Voz na UFAC

Em comemoração ao Dia Mundial da Voz (16 de abril), a Universidade Federal do Acre realizou no dia 15 de abril de 2016 o dia da voz na UFAC. O evento foi organizado pela Fonoaudióloga Jeanne Raquel Freire de Albuquerque que atua nessa Ifes, com apoio do Núcleo de Apoio á Inclusão – NAI, Pró-reitoria de Extensão – PROEX e Pró-reitoria de Assuntos Estudantis – PROAES. Segundo a organizadora, “o evento é o primeiro que ocorre para promoção e prevenção da voz nesta Universidade pois o serviço de Fonoaudiologia tem pouco tempo que foi estruturado, e a idealização desta campanha teve o olhar voltado para o quadro de docentes que atuam e muitos não buscam atendimentos e orientações para manter a saúde vocal”. A abertura oficial teve a presença do Pró-reitor da PROAES Profº. Antônio Júnior, a Coordenadora do NAI Profª. Joseane Martins, a Fonoaudióloga da Instituição Jeanne Freire, as Fonoaudiólogas convidadas Daisy Guerra e Iriah Muniz, esta representando o Conselho Regional de Fonoaudiologia – 5ª Região, e a apresentação do Hino Brasileiro sendo interpretado na Língua Brasileira de Sinais pelo Profº Israel Queiroz.

A programação do dia da voz na UFAC ocorreu durante todo o dia com apresentações de oficinas de voz por uma equipe de Fonoaudiólogas composta por Fgª Daisy Guerra, Gabriela Lima, Iriah Muniz e Sóron Steiner. Durante o evento foram distribuídos materiais explicativos, águas e maçãs.

O encerramento das atividades contou com a presença do coral da Assembléia Legislativa do Estado do Acre regida pelo Sr. Lidson e coordenada pela Sra Yvana Pacífico, das estudantes do curso de Artes Cênicas Dalcimara Santos, Marianne Salomão e Vanessa Napiame que cantaram músicas e declamaram poesias, e do servidor Tiago Silva, portador de necessidades especiais, e que cantou músicas agradando muito a plateia presente. De acordo com a Fgª Jeanne Freire, o evento foi muito produtivo, tivemos a presença de professores, estudantes e da comunidade externa, e para o próximo ano fortaleceremos mais a divulgação e ampliaremos as atividades.”

Homenagem ao CRFa - 5R e Posse do 6º colegiado na Câmara dos vereadores de Goiania

Na manhã da última sexta feira, dia 01 de abril de 2016, o  Conselho Regional de Fonoaudiologia da 5a. Região foi homenageado por iniciativa do Vereador Denicio Trindade no Plenário da Camara dos vereadores de Goiania e conselheuros do 5o. e 6o. colegiados receberam o diploma de honra ao mérito da Camara dos Vereadores de Goiania. Em seguida, a Presidente do CREFONO5, Silvia Maria Ramos realizou seu discurso de agradecimentos pela homenagem e iniciou a cerimonia de Posse do 6o. colegiado.  Foram empossados os conselheiros Efetivos: Suellen Ferro de Brito - Goiás, Eliana Souza da Costa Marques - Goiás , Christiane  Camargo Tanigute – Goiás, Marcia Christina Resende - Goiás , Márcia Regina Salomão - Pará0, Neyla Arroyo Lara Mourão - Pará,  Danilo Alves Mantovani - Distrito Federal , Renata de Sousa Tschiedel - Distrito 

SISTEMA DE CONSELHOS PUBLICA NOVO CÓDIGO DE ÉTICA DA FONOAUDIOLOGIA

Publicado no Diário Oficial da União, de 07 de março de 2016, o novo Código de Ética que disciplina a atuação da Fonoaudiologia foi lançado na quinta-feira (10), em Brasília, durante o V Encontro Nacional de Fiscalização do Sistema de Conselhos. A última edição do documento datava de 2004.

A reformulação do Código de Ética cumpriu várias etapas, entre elas a realização de Fóruns de discussão em todo o Conselho Regionais de Fonoaudiologia. O coordenador do estudo de atualização do Código de Ética, conselheiro Domingos Sávio de Oliveira, destaca o trabalho árduo e coletivo de elaboração do documento. “O trabalho foi longo, democrático e fundamentado no princípio da Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos da UNESCO”, afirma o conselheiro que também acumula a presidência da Comissão de Ética do CFFa.

Durante a cerimônia de lançamento a presidente do CFFa, Bianca Queiroga, agradeceu a todos aqueles que trabalharam na revisão, atualização e reedição do novo Código de Ética da Fonoaudiologia. “Foram anos de trabalho que se concretizam em um documento atual e condizente com as novas práticas de saúde, de relacionamentos e tecnologias”, pontua a presidente.

A conselheira Maria do Socorro Machado representou o CREFONO5 no GT e considerou muito importante essa revisão atualizando temas antes não contemplados no código de ética do fonoaudiólogo. 

Preâmbulo do Novo Código de Ética da Fonoaudiologia:

Esta é a 4ª Edição do Código de Ética da Fonoaudiologia, elaborada por um grupo de trabalho composto de membros do Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia, norteada pela Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos da UNESCO (DUBDH), que comporta quinze princípios e resgata a necessidade de contemplar a sobrevivência do planeta como um todo. Essa declaração caracteriza-se, também, pela defesa aos vulneráveis e pelo respeito ao pluralismo, tão necessários a países como o Brasil, onde a diversidade cultural, social e econômica promove injustiças.

16 de abril, dia Mundial da Voz, parceria entre Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia e Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

O dia Mundial da voz é celebrado pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) desde 1999 e, a partir de 2003, teve impacto internacional com eventos em diversos países. Este ano, o Sistema de Conselhos, em parceria com o Departamento de Voz da SBFa promove a Campanha Nacional da Voz, tendo como padrinhos os apresentadores do programa Hoje em dia, da Record, que darão o recado à população sobre os cuidados com a voz na prevenção de distúrbios que podem impactar fortemente na vida das pessoas. As principais ações desenvolvidas no dia 16 de abril têm como finalidade promover a saúde vocal, com atividades de conscientização da população sobre os cuidados com a voz e, principalmente, para aqueles que a utilizam como instrumento de trabalho, como os professores, operadores de telemarketing, atores, cantores, profissionais do direito, locutores, entre outros. Além disso, as ações promovem a possibilidade de uma autoavaliação, fazendo com que as pessoas busquem os profissionais qualificados que possam realizar um diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de laringe. A SBFa promove anualmente o concurso da Campanha Nacional da Voz e solicita a colaboração de todos os fonoaudiólogos para disseminar o conhecimento, orientar a população, promover ações em saúde e favorecer encaminhamentos adequados de prováveis ou reais problemas de voz.

O Sistema de Conselhos disponibilizará as artes no site www.fonoaudiologia.org.br e, em breve, os materiais impressos (folders e cartazes) estarão nas sedes dos regionais.

Para mais informações sobre o concurso, acesse www.campanhadavoz.com.br