Fechar [X]

Notícias

Home » Notícias

CREFONO5 participa do Movimento Plural Idades e comemora o dia internacional do idoso

O Dia Internacional da Pessoa Idosa foi marcado pelo Movimento Plural Idades, do qual o Conselho Regional de Fonoaudiologia 5a. Região  integra, com discussões importantes relacionadas ao assunto. O Simpósio “Luta contra a Violência à Pessoa Idosa” aconteceu durante a manhã e a tarde desta quarta-feira (1º), no Salão Nobre da Faculdade de Direito da UFG. Centenas de pessoas prestigiaram o evento, que teve inscrição gratuita. A presidente do CREFONO5, Silvia Ramos, ressaltou que pela segunda vez o CREFONO5 integra o Movimento que tem como temática as dificuldades encontradas pelos idosos em nossa sociedade. De acordo com o censo feito em 2010 pelo IBGE, as pessoas com mais de 60 anos são o grupo que mais cresceu na última década – passou de 8% para 12%. A estimativa é que nos próximos 20 anos a população idosa passará dos 30 milhões de pessoas no Brasil. Já segundo o Ministério da Saúde, das 626 notificações de violências contra idosos, atendidos em serviços de Saúde de referência, 338 foram de vítimas dos próprios filhos. O dado representa 54% das notificações de agressões a pessoas com 60 anos ou mais, dentro de casa. Entre os tipos de agressões, a violência moral ou psicológica, aquela que fere a honra ou a intimidade, foi a mais relatada (55%), seguida da física (27%), do abandono (22%) e, por último, do dano financeiro ou patrimonial (21%).  

Disque 100 - Para o coordenador geral do Disque Direitos Humanos, do Departamento de Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Sidnei Sousa Costa, que participou da Mesa Redonda “Violência Nua e Crua contra Pessoa Idosa no Estado de Goiás e Brasil”, esses encontros são importantes para levar informações às pessoas sobre como podem fazer denúncias, nos casos de violação de direitos, e também para verificar onde o trabalho de quem recebe essas denúncias pode melhorar. “Estamos buscando aprimorar o trabalho dos atendentes para que ele não aconteça de forma mecânica e que essa sondagem seja humanizada”, afirma. Segundo dados relacionados ao Disque 100 e que foram apresentados por Sidnei Costa,  91% das agressões às pessoas idosas acontecem dentro de casa. “É preciso acabar com a ideia de que os fatos que acontecem em casa devem ficar em casa. Tem que denunciar. Abusos financeiros, violência física e até sexual estão cada vez mais freqüentes”, informa.

Pela manhã,  o Simpósio contou com a apresentação cultural dos corais “Alegria Vozes e Violão (Semas)” e “3ª idade da Unati/Puc Goiás”. Em seguida, foi realizada a mesa redonda “Os Desafios do Controle Social Frente à Violência contra a Pessoa Idosa”, composta pela representante do CEIGO/Conselho Estadual dos Idosos, Maria Luiza Teixeira; pela representante do Conselho Municipal do Idoso, Maria Consuelo Bastos Seabra; e pela  coordenadora da Mesa, Luciana Amorim de S. Mota da RENADI/GOIÁS/SECT.

Para fechar a programação da manhã, aconteceu a Mesa Redonda “A Pessoa Idosa nas Dimensões Biológicas, Psíquicas, Social e Religiosa frente à Violência, com o representante da Geriatria, Dr. Ricardo Borges da Silva; da Psicologia, Marli Bueno de Castro – PUC – GO; religiosa, Wilson Nunes  - Associação Missionária de Idosos; da Fonoaudiologia, Cândida Dias Soares, fonoaudióloga do Instituto de Memória e Comportamento; e a coordenadora da Mês, Marciclene de Freitas Ribeiro Junqueira da SECT e Faculdade Estácio de Sá – GO.

O período vespertino começou com a Apresentação Cultural da Cia de Teatro Senhoras do Cerrado – (Semas) e logo em seguida foi realizada a Mesa Redonda “Violência Nua e Crua contra a Pessoa Idosa no Estado de Goiás e Brasil”, com o Coordenador Geral do Disque Direitos Humanos - Departamento de Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos - Secretaria de Direitos Humanos - Presidência da República, Sidnei Sousa Costa; a representante da Diretora do Departamento da Pessoa Idosa – Semas, Sra. Neide Nascimento de Melo; a vice-presidente do Conselho Estadual do Idoso, Carmencita Márcia Balestra; e a coordenadora da mesa, Aurora Zanini,Conselheira do CRP-09.

Durante o simpósio foram distribuidos edições de palavras cruzadas e também material da campanha do idoso do Sistema dos Conselhos Federal e Regionais de Fonpoaudiologia.

Segundo a presidente do CREFONO5 Silvia Ramos " foi um dia muito produtivo onde não só as pessoas idosas puderem ter acesso a informações dos seus direitos, como também foi possivel participar de dicussões entre as instituições que atuam na área". 

Campanha do Dia do idoso - Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Fonoaudiologia

 Em sua 3ª edição a Campanha Nacional do Dia do Idoso – 1º de outubro, organizada pelo Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Fonoaudiologia reforça e orienta a sociedade

para a adoção de atitudes que colaboram para um envelhecimento saudável. Em 2014 a campanha ganhou a chancela de três apoiadores: a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, a

Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia e a Editora Ediouro que também vão realizar ações de divulgação da campanha. Além de divulgar a atuação do fonoaudiólogo com a

terceira idade, a campanha que tem como tema: ‘Ouça a voz da experiência’, vai reforçar que é uma questão de atitude ter envelhecimento ativo. Além disso, a adoção de hábitos

saudáveis e o acompanhamento de um fonoaudiólogo ao longo da vida propicia bem-estar físico, social e mental.

Em Goiânia a programação inicia no dia 1º de outubro às 8h. O CREFONO 5 em parceria com o CRP09 , conselho municipal e estadual do idoso entre outros órgãos

envolvidosparticipará do Simpósio: Luta contra a violencia à pessoa idosa no salão nobre da Faculdade de Direito da UFG – praça universitária em Goiânia. 

Na oportunidade , a fonoaudióloga Candida Dias Soares fará uma palestra sobre Comunicação e os aspectos cognitivos no envelhecimento. Toda a programação será

ainda divulgada. No evento serão distribuídos as edições de palavras cruzadas e também o material da campanha do idoso do sistema dos conselhos federal e regionais

de Fonoaudiologia. CREFONO5 ainda em parceria com a PUC Goiás participará das atividades desenvolvidas durante a semana. 

panfleto dia do idoso 2014

I Fórum de Formação Profissional em Porto Velho

A Faculdade São Lucas com os objetivos de refletir sobre a postura individual, discutir a atuação e a colaboração da IES na formação profissional com foco na qualidade da atuação e valorização profissional programou o I Fórum de Formação Profissional com a participação da conselheira do CREFONO5, representante de Rondonia, Viviane Araújo .

Os fóruns estão sendo organizados pelos próprios cursos da instituição e na última quinta-feira, 07 de agosto, ocorreu o evento do curso de Fonoaudiologia e contou com a participação intensa dos seus alunos.

A proposta das atividades foi baseada em discussões dirigidas realizadas em grupos e finalizadas com a organização de um documento denominado “Pacto de Condutas” após discussão final em plenária. As discussões permearam quatro temáticas: (1) papel como sujeito político na formação acadêmica; (2) campos potenciais de atuação profissional; (3) realidades e limitações do exercício profissional; (4) formação profissional e educação continuada.

Os resultados indicaram três grandes necessidades da profissão tanto em âmbito nacional como regional: capacitação permanente dos profissionais; maior representação política que deve ser iniciada desde a graduação e se estender na organização profissional em associações e sindicado; e a necessidade de divulgação da profissão.

Também foi decidida a organização de uma comissão para a fundação do Centro Acadêmico de Fonoaudiologia e o próximo encontro para dar andamento às estratégias do pacto em 05 de novembro do corrente, data na qual ocorrerá a abertura da Jornada XII Jornada de Fonoaudiologia.

CAMPANHA DA AMAMENTAÇÃO 2014

De 1º a 07 de agosto o Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Fonoaudiologia realiza em todo país a Campanha da Amamentação 2014. Nessa edição as ações de orientações estão centradas na promoção da amamentação do bebê de risco. Cartaz e folder complementam as informações de orientação e incentivo ao aleitamento materno.

Ações de orientação, fóruns, seminários e caminhadas integram as atividades propostas pelo Sistema de Conselhos. Além de promover e orientar a amamentação o objetivo da campanha é mostrar a importância da atuação fonoaudiológica nas questões relacionadas à estimulação e à adequação da sucção/deglutição/respiração, visando a transição da via de alimentação alternativa para oral. O conselho e as delegacias de Belém e Manaus estão com materiais à disposição para distribuir aos fonoaudiólogos que participarem da campanha. 

Em  Goiania no dia 2 de agosto ( sábado)  acontecerá o II MAMAÇO  em comemoração à Semana Mundial do aleitamento materno no Parque Vaca Brava às 10 horas

FONOAUDIÓLOGOS TERÃO REAJUSTE ANUAL PELOS PLANOS DE SAÚDE

Publicada no Diário Oficial da União, em 25 de junho, a Lei 13.003/14 que torna obrigatória a existência de contratos escritos entre as operadoras e seus prestadores de serviços. O Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa), comemora a conquista que só foi possível graças ao trabalho conjunto do Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde (FCFAS).

 A redação atual da Lei nº 13.003/14 assegura que fonoaudiólogos contratados, referenciados ou credenciados aos planos de saúde terão reajuste anual determinado no primeiro trimestre de cada ano. Caso não haja acordo entre as partes, a Agência Nacional de Saúde (ANS) pode ser acionada para mediação.

Segundo análise da presidente do CFFa, Bianca Queiroga, esse é um avanço significativo para todas as profissões. “É uma medida protetiva que vai garantir melhores condições de trabalho aos profissionais e melhoria nos serviços prestados aos usuários de planos de saúde”, considera.

Bianca faz questão de ressaltar que isso só foi possível graças ao trabalho conjunto dos Conselhos Profissionais que integram o FCFAS. Acesse a íntegra da Lei no link a seguir:

http://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/124801248/lei-13003-14

Fonte: site do CFFa